Com um time recheado de garotos da base VilaVelhense empata com o Rio Branco
Publicado em 11/04/2021 13:24 - Por Adilson Santos

O futebol voltou a rolar no Esprito Santo, mesmo após as medidas restritivas impostas pelo governador Renato Casagrande, em combate ao avanço da pandemia. E pela quarta rodada no Cleber Andrade o VilaVelhense se superou e teve grande atuação, arrancando empate em 1 a 1 -  Madson marcando para o Vila – contra um Rio Branco muito pouco inspirado.

Recheado de garotos da base, o VilaVelhense precisava se superar para fazer frente ao time titular do Rio Branco, que foi com força total para o duelo. Sendo assim, o VilaVelhense entrou em campo com Edson, Hiuri, Luiz Felipe, Cristian e Ramon Mexicano; Valdir Roque e Thainer (base); João Firmino (base), Bruno Paixão, Montaño (base) e Madson.

O primeiro tempo foi dominado pelo VilaVelhense, que apresentou uma atuação surpreendente e dominou o confronto, tendo as maiores chances de gol. Na segunda etapa, o Rio Branco em seu primeiro chute ao gol em toda partida consegui marcar através de Rafael Castro. Mesmo em desvantagem o VilaVelhense continuou pressionando e no final aos 42 minutos foi contemplado com o gol do atacante Madson.

O JOGO:

Na raça, mesmo com nenhum ponto ainda conquistado, o VilaVelhense entrou em campo pronto para vencer a partida. Com um time de vários garotos da base, o VilaVelhense era eficiente na marcação e passava segurança no setor defensivo. Do meio para frente, contava com a experiência de alguns titulares, que jogavam quando conseguiam ter a bola, dando trabalho ao Rio Branco que, apesar de estar com força máxima, não conseguia incomodar o time canela verde.

Em confronto literalmente “jogado”, o primeiro tempo foi de duas equipes buscando ter a bola, mas com uma grande atuação do VilaVelhense que, com a marcação bem ajustada, conseguiu conter as tentativas de ataque do Brancão e pouco sofreu defensivamente. Quando encontrava oportunidade, o VilaVelhense partia para cima do adversário, mas com pouca penetração de área  e, aos 28 minutos, Thainler avançou  pela direita e cruzou na área, Madison dominou e chutou prensado por Petróleo. O Vila ainda teve um gol anulado aos 43 minutos, Thainler lançou para Bruno Paixão, que dominou e tocou na saída do goleiro. Mas a arbitragem invalidou o gol ao marcar impedimento.

O jogo voltou do intervalo e o Vila continuou em cima tentando abrir o placar,  foram criadas pelo menos duas oportunidades aos 08 e 09 minutos. Mas quem abriu o placar foi o Rio Branco, aos 11 minutos Rafael Castro recebeu Assistência perfeita de Paulinho, o centroavante girou e chutou rasteiro, sem chances para o goleiro Edson. Todavia, o VilaVelhense não se abateu e colocou em campo mais garotos da base. Entraram Ítalo Sousa, Yaro Ibrahima, Kleiton e Jhon Lenon.

Ainda melhor em campo, o VilaVelhense continuou surpreendendo, criando jogadas, encontrando espaços e levando perigo ao Rio Branco. Defensivamente e ofensivamente seguro, o time cheio de garotos da base era equilibrado e dominava a partida. Nos últimos minutos, aos 42 minutos o VilaVelhense empatou a partida, numa bela jogada Kleiton tocou para Hiuri que deu um passe na medida para o centravante Madson que dentro da pequena área chutou forte e empatou o jogo.

Fim de papo no Cleber Andrade. VilaVelhense 1 x 1 Rio Branco.

 

Foto:  Rafael Brozeghini

 

 

 

 

Leia também
Jogando em casa, VilaVelhense perde de 2 a 0 para o Pinheiros
De 09/03/2020 - Por Adilson Santos
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Vilavelhense - ©Copyright 2019 - Todos os Direitos Reservados
Administrado por FlashMais Comunicação e Marketing
AntenadosVix - Sorteios